Abrir uma empresa ou um negócio nos Estados Unidos concede documentação de residência permanente? A internet é sem sombra de dúvidas uma fonte de ajuda para quem deseja vir para a América do Norte, mas muitos escutam e assistem muitas desinformações nesse mesmo veículo informativo de mão dupla.

Existem muitos mitos na internet…

“ele mora lá há mais de 15 anos, então já deve ser Cidadão Norte Americano” – Tempo no país não te garante documento.

 

“se eu comprar uma casa vou conseguir meu green card” – Investimento na sua moradia não te garante nenhuma facilidade imigratória.

 

“todo casamento com cidadão americano dá green card” – Se o Cidadão Norte Americano não tiver uma condição financeira suficientemente confortável, é pouco provável que o futuro cônjuge tenha seu processo aprovado!

 

“conheço uma pessoa que tem uma empresa nos EUA, se ele me contratar eu vou ter meu green card” – Para uma empresa ser sponsor de alguém: essa empresa precisará de ter um bom tempo já estabelecida no país, fazer um requerimento junto ao departamento do trabalho dos EUA para ser aprovado, provar que não encontrou essa mão de obra em questão nos EUA e por isso deverá buscar esse possível funcionário no Brasil, provar rendimentos suficientes para continuar mantendo seu negócio e também esse novo funcionário com sua família ou seja uma série de etapas nesse processo.

 

E assim por diante…

 

Será que ter uma empresa Norte Americana garante residencia permanente no país?

O simples fato de você abrir ou comprar uma empresa nos EUA não te garante nenhum tipo de documentação.

 

O que poderia possibilitar qualquer status de residencia legal no país, seria iniciar um processo imigratório por algum tipo de visto junto a imigração e alguns desses vistos você deverá ter uma empresa nos EUA.

 

Ter uma empresa com finalidade de residir legal no país é consequência da exigência de um tipo de visto requerido… como E2 e L1 por exemplo!

 

O programa E2 fornece um visto temporário de 5 anos. Por ser renovável, pode ser prorrogado por tempo indeterminado, e ser efetivamente um “visto permanente.”

O cônjuge do investidor recebe automaticamente uma autorização de trabalho sem restrições, enquanto as crianças menores estão incluídas sob o status de visto dos seus pais. Uma importante ressalva deve ser feita aqui: o visto E-2 não é para qualquer um, pois apenas nativos dos países que tem o tratado comercial com os EUA se qualificam para essa categoria. Como o Brasil não faz parte desse tratado comercial, apenas brasileiros com cidadania comprovada em países que fazem parte do tratado se qualificam.

 

Clique aqui para saber mais sobre o E2 e os países que entram nesse acordo!

 

Clique aqui para saber os vistos disponíveis!

 

Eu vendo imóveis na Flórida e sempre digo para aqueles que desejam morar nos EUA “O imóvel será o menor dos teus problemas” tenha um plano, projeção de gastos (clique aqui para ter uma ideia de custo de vida) e então começamos olhar seu imóvel, talvez você queira dolarizar seu patrimônio para fugir do caos econômico do Brasil mesmo que não consiga residir no país.

 

Consulte um advogado de imigração, explique a sua situação e veja qual o melhor caminho! Clique aqui para ver uma lista de indicações de quase tudo o que precisar na Flórida e também advogados de imigração.

 

Clique aqui para ver como é o processo para abrir uma empresa na Florida

 

Espero que esse post te ajude de alguma forma… abaixo você verá duas entrevista com advogados de imigração:



 

 


Se inscreva no nosso canal no youtube:

https://www.youtube.com/imoveisnaflorida

Curta nossa página do Facebook:

https://www.facebook.com/pablomeucorretornaflorida/

Participe da nossa comunidade Quero Morar em Orlando:

https://www.facebook.com/groups/1617970695122437/