Quer Morar em Orlando?

Muitos brasileiros que consideram tentar a sorte nos Estados Unidos fazem essa pergunta: Será que vale a pena ir? As opiniões a este respeito variam muito, e uma resposta bem conceituada depende muito de sua situação pessoal. Muitos brasileiros vieram para os Estados Unidos, e se adaptaram bem, conseguindo melhorar bastante suas vidas. Outros não tiveram a mesma sorte e voltaram, às vezes por conta própria, e às vezes simplesmente por achar que não teriam dificuldades e não se prepararam mentalmente para as possíveis barreiras.

Para lhe ajudar a tomar esta difícil decisão, o que podemos fazer é listar os lados positivo e negativo de uma potencial mudança para os Estados Unidos e descrever alguns parâmetros que são críticos para o seu sucesso de adaptação.

O Lado Positivo

Os Estados Unidos oferecem uma série de vantagens, entre elas:

– Inúmeras oportunidades de empregos e negócios.
Uma economia que, apesar das dificuldades já superadas, é relativamente estável.

– Um sistema financeiro que recompensa quem quer trabalhar e quem corre atrás das oportunidades.

-Um sistema judicial que funciona.

– Liberdades e direitos garantidos na constituição, e mais importante, com punições severas quando não são respeitados.

– Democracia e um processo político que, apesar de um pouco complicado, em sua maior parte funciona bem.
Segurança relativa.

– Mobilidade social e financeira – você realmente tem a oportunidade de crescer mesmo que comece do nada.

– Educação primária e secundária gratuita.
Limpeza, ordem e respeito.

– Vários lugares belos e interessantes para conhecer.

O Lado Negativo

Apesar de todas as vantagens acima, muitos brasileiros não se adaptam devido a vários fatores, entre eles:

– Se você for residir no norte do país o frio é muito intenso.

– Os hábitos alimentares são diferentes.

– Você precisa falar inglês para ser um cidadão bem sucedido e aproveitar tudo de melhor que o país tem para oferecer, mas ninguém aprende inglês da noite para o dia é preciso dar tempo ao tempo.

– Você precisa se adaptar à cultura americana, que é mais isolada e mais individualista do que a cultura brasileira e esquecer o jeitinho brasileiro.

– Algumas pessoas se sentem reprimidas pela rigidez das leis e pela falta do “jeitinho” brasileiro.

– Os americanos são bem diretos quando se diz respeito a negócios ou dinheiro, o que algumas pessoas interpretam como falta de educação, ou falta de calor humano.

– É mais difícil fazer amizades do que no Brasil.

– É difícil lidar com a saudade da família, dos amigos, e das coisas da nossa cultura, o que pode causar tristeza ou depressão.

– Sem seguro médico você corre um grande risco de pagar muito caro por um tratamento necessário caso fique doente.

– É difícil assistir e ter que falar de basebol ou de futebol americano…

Existem vários outros fatores positivos e negativos, mas a lista acima é um bom começo. Seria bom ouvir comentários dos nossos leitores a esse respeito.

Como Obter Sucesso na Sua Adaptação nos Estados Unidos?

Os seguintes fatores são essenciais para uma boa adaptação:

– Regularize a sua documentação o mais rápido e da melhor forma possível. Isso não é fácil. Porém, ser um imigrante ilegal pode dificultar a sua capacidade de se adaptar bem ao país, mas muitos ilegais tem casa, carro, empresa e muito mais e até relatam que vivem infinitamente melhor aqui do que no Brasil mesmo sendo indocumentado.

– Aprenda inglês. Sem o inglês, suas chances de sucesso são bastante reduzidas.

– Respeite as leis do país.

– Aprenda o máximo possível sobre os costumes, regras sociais, geografia, política, constituição e história do país. Quanto mais você souber sobre os princípios básicos a partir dos quais o país foi fundado o mais você apreciará os valores americanos.

– Participe da sua comunidade.

– Obtenha uma boa formação educacional, de preferência universitária.
Mostre sua vontade de servir, de trabalhar, e de crescer.

– A decisão de ser um imigrante e viver fora do seu país de origem é uma decisão difícil e que requer muita consideração. A resposta à pergunta se vale a pena ir para os Estados Unidos vai depender muito de você.

Esperamos que este artigo tenha lhe ajudado a encontrar sua própria resposta.

Confira o vídeo da série América sem Máscaras